Cabelo ressecado no inverno? Entenda as mudanças no frio!

Depositphotos_8582457_m-2015.jpg

O inverno chegou e com ele as temperaturas baixas que acabam, de uma forma ou de outra, impactando nossa rotina. Nos salões de cabeleireiro, não é diferente. Muitas clientes ficam preocupadas com os efeitos do frio sobre as madeixas e questionam o motivo do cabelo ressecado, quebradiço ou muito oleoso durante a estação. Veja, a seguir, algumas das principais causas dos danos provocados aos fios durante o inverno e aprenda como evitá-los e tratá-los.

Fios ressecados

Cabelos secos, sem brilho e sem vida são um problema. Além da aparência desfavorável, o cabelo ressecado não é saudável, pois os fios demasiados secos são um sinal de que a oleosidade natural do couro cabeludo (conhecida como manto hidrolipídico) não está desempenhando sua função de lubrificar e proteger a pele e os fios.

A principal causa do ressecamento dos fios é o uso de água muito quente durante a lavagem das madeixas, um hábito comum no inverno e que faz parte da rotina nessa época do ano.

Cabelos quebradiços

Os cabelos quebrados também são um problema comum - embora não exclusivo do inverno - por conta das ações de fatores externos como vento, ar seco e mudanças bruscas de temperatura ao sairmos de um ambiente interno para um externo.

Os fios quebradiços são um problema recorrente entre as pessoas que realizam colorações e descolorações, além de processos químicos (como relaxamentos e escovas progressivas), que acabam deixando os cabelos mais fragilizados e propensos a quebrar.

Oleosidade em excesso

Não é só o ressecamento dos fios que incomoda durante a época do frio. Muitas mulheres (e muitos homens) chegam aos salões reclamando do excesso de oleosidade, principalmente na raiz dos cabelos.

Afinal, a retirada do manto hidrolipídico também pode ter o efeito adverso, fazendo com que o couro cabeludo passe a produzir mais oleosidade para tentar proteger os fios. Outro fator comum é que, com a chegada do inverno, as pessoas passam a lavar os cabelos com menos frequência e a oleosidade excessiva acaba sendo uma consequência da diminuição de lavagens.

Como evitar os danos

A primeira dica é evitar os banhos muito quentes, por mais convidativos que eles pareçam em um dia frio. Como já mencionado, a água quente acaba agredindo o couro cabeludo e retirando a camada de oleosidade responsável por protegê-lo – uma das principais causas do cabelo ressecado – e também pode provocar as tão detestadas caspas. Por isso, procure sempre lavar os cabelos com água morna.

Ainda falando sobre as lavagens dos fios, é importante tomar cuidado com a frequência em que os cabelos são lavados, pois durante o inverno eles levam mais tempo para secá-los, e lavá-los todos os dias impede a formação do manto hidrolipídico. O indicado é lavar os fios apenas 3 vezes por semana - alternando os dias, claro. Essa atitude também poderá ajudar a evitar a queda capilar.

Dormir com o cabelo molhado é outro erro fatal, pois, além de facilitar que você pegue um resfriado, isso pode propiciar o aparecimento de bactérias e fungos no couro cabeludo.

Vale usar o secador antes de ir se deitar ou mesmo antes de sair na rua em um dia frio. Mas é importante tomar cuidado para não deixar o vento quente demais e nem aproximá-lo muito dos cabelos, evitando o frizz e as cutículas abertas, que também causam o ressecamento.

Produtos e cuidados

Nada de descuidar dos tratamentos capilares durante o inverno. Afinal, os fios precisam ser tratados para se manterem saudáveis, fortes, bonitos e resistentes. As hidratações, os tratamentos de nutrição e de reconstrução capilar são indispensáveis se você deseja manter os fios ressecados longe.

Enquanto a hidratação repõe a água dos fios, evitando o ressecamento, a nutrição renova os nutrientes vitais para manter os fios saudáveis e a reconstrução trabalha a selagem das cutículas capilares, recuperando os fios quebradiços. Vale apostar em um cronograma capilar para fazer os tratamentos de acordo com as necessidades de cada tipo de cabelo para manter os fios sempre saudáveis e bonitos.

As cabeleireiras geralmente investem em produtos e linhas profissionais para cuidar dos cabelos de suas clientes, mas elas também podem incrementar esses tratamentos com ingredientes, como óleo de argan ou azeite de oliva extravirgem. Muitos blogs e mídias sociais voltados para beleza e cuidados com os cabelos apresentam receitas práticas e eficientes que as profissionais podem testar e apresentar às suas freguesas.

Escolher o shampoo e condicionador adequados para cada tipo de cabelo também pode ajudar a recuperar os fios dos danos que as temperaturas baixas e outros fatores podem causar. Profissionais indicam a substituição do condicionador por máscaras de tratamento na hora de lavar os cabelos para evitar o ressecamento. Na hora de usar secador, chapinha ou modelador, o protetor térmico não pode ser esquecido.

Gostou das nossas dicas para evitar o temido cabelo ressecado durante o inverno? Então, continue acompanhando nossos conteúdos nas redes sociais para não perder nenhuma novidade!