Como escolher os melhores fornecedores de produtos de alisamento

produtos-alisamento.jpg

Os produtos de alisamento que você usa no salão são decisivos para o resultado final nos fios de cada cliente. Por isso, vale se questionar: será que esse investimento está planejado da forma certa? Muitas vezes, quem gerencia os salões pode se apegar mais a um dos aspectos – como qualidade ou preço – e se esquecer de outros pontos importantes. Veja quais reflexões não podem faltar antes de você decidir qual o fornecedor de produtos de alisamento será seu parceiro de confiança. As clientes agradecem, assim como a sua reputação no mundo da beleza e estética.

1- Preços na ponta do lápis

Esse é um dos aspectos que mais chamam a atenção na hora das compras, mas que deve ser avaliado cuidadosamente. Produtos com preços muito baixos podem conter ingredientes de baixa qualidade, o que afetará no resultado do alisamento.

Além disso, muitas ofertas estão relacionadas a novidades que podem e devem ser testadas antes de entrar no seu salão. Afinal, vale mais apostar naquelas fórmulas com resultados garantidos do que inovar a todo custo nos produtos de alisamento.

2- Qualidade: um aspecto indispensável

A qualidade deve ser essencial no seu salão. É ela responsável pelo resultado satisfatório nos fios das clientes, que vão indicar o espaço a outras pessoas. Por isso, os produtos que você compra devem ser reconhecidos no mercado e contar com aval da Anvisa. Dessa forma, evita-se a aquisição dos chamados produtos pirata, que podem ocasionar sérios riscos à saúde de clientes e profissionais.

Mas lembre-se: qualidade não é sinônimo de produtos importados. Há ótimas marcas brasileiras que, inclusive, exportam para outros países. Por meio de uma pesquisa apurada – que vai do boca a boca e da internet até os eventos e feiras – você pode conhecer opções com excelente custo-benefício. A dica é nunca parar de estudar e se informar sobre as novidades em termos de marcas e fórmulas para produtos de alisamento.

3- Vários produtos, um fornecedor

O custo-benefício na aquisição dos produtos de alisamento também é aprimorado quando um mesmo fornecedor oferece várias alternativas. Quanto mais produtos você comprar, mais desconto pode ter. E, hoje em dia, há muitas fórmulas para deixar os fios lisos que não podem faltar no seu salão.

Por isso, cheque o catálogo de cada fornecedor para avaliar quais itens estão disponíveis e se vale a pena comprá-los no mesmo lugar. É importante comparar a disponibilidade de produtos de vários locais para avaliar qual se adéqua melhor às suas necessidades – isso também facilita a logística do dia a dia. Mais uma vez, fazer o levantamento de informações e compará-las é essencial para adquirir os produtos de alisamento.

4- Estoque sempre completo

Não adianta nada investir o dinheiro do seu salão em produtos novos, que prometem mil resultados, se você não conseguir repor os itens no estoque. Uma cliente satisfeita com determinados produtos de alisamento precisa voltar ao salão para acertar a raiz após algum tempo, e a melhor alternativa é manter o mesmo tratamento.

Isso vale não apenas para as novidades, mas para todas as fórmulas. Para gerir de forma adequada o seu estoque, é preciso calcular o número de clientes que costumam alisar os fios e determinar uma periodicidade para repor os produtos. Esse é um assunto que não pode ficar de fora da conversa com o seu futuro fornecedor.

5- Formas de pagamento

A hora de colocar a mão no bolso é a mais complexa para quem tem um negócio no Brasil. E para não entrar no cheque especial, você deve ter uma boa noção sobre o fluxo de caixa do salão para analisar quais as melhores formas de pagamento. Leve em consideração também a época do ano. Durante o período de festas, o negócio tende a ficar mais movimentado, o que significa a compra de mais produtos para o estoque.

De qualquer forma, quem gerencia a entrada de recursos saberá avaliar qual a melhor forma de pagamento a ser combinada com o fornecedor. Muitas vezes, quando a compra é de valor elevado e não há juros, o parcelamento pode ser a melhor alternativa - uma forma de pagamento um pouco mais suave para o bolso.

Mas não se esqueça: a cada mês surgem novas demandas, então fazer as compras inteiramente no crédito pode criar uma bola de neve. Além disso, sempre tente negociar um valor mais baixo com o fornecedor. Afinal, ele deve merecer sua fidelidade na compra dos produtos de alisamento.

Quer conhecer mais dicas sobre produtos de alisamento para cabelos? Deixe aqui seu comentário – esse é o seu espaço para evolução profissional.